quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Ah....

Engraçado como sempre achamos que um amor será eterno,
que aquele é o amor verdadeiro...aquilo é tudo, e você nunca vai achar nada igual.
É engraçado como sofremos e desconfiamos do que não existe...
Como confiamos no que também não existe,
como nos preocupamos tanto, mas tanto, que perdemos a melhor parte da vida...

No lugar do viver, lá estava a preocupação...
E então?
Então perdemos tudo...sem ficar nem um pouquinho....

Ah, quantas decepções...quantas alegrias, quantos beijos, quantos abraços e juras de eterno amor...quantas músicas,
Quantas músicas poderiam ser a trilha sonora de nossas vidas?
Quantas fotos?
Quantos prantos?
Quantas juras?
Quanto tanto?
Quantos quanto?


Ah, olha só, o sol renasce todos os dias...
Tudo renasce...Afinal, a vida é um processo reciclável, é um vai e vem de ondas...
É tudo e é nada...
A vida é mestre, nós aprendizes...
E no final...
A vida é tão rara...

Um comentário:

Eduardo disse...

Bom... Agora você tem um novo fã do teu blog....

Acho q já li todas as postagens.. Adorei a maioria!

Enfim... Só não começa a cobrar, senão vou ficar pobrinho!